Ele acordou. Procurou seu relógio. Havia dormido mais do que de costume.
O ambiente era claro, as paredes tinham um tom sépia. Um ar tranquilo inflava-lhe os pulmões. Silêncio. Uma calmaria diferente da habitual. Lembrou-se de onde estava. Olhou para o lado. Sua garota ainda dormia. Beijou-lhe a testa. Acariciou seu cabelo. Ela se movimentou, abriu os olhos grandes ainda pesados de sono e o observou por poucos  instantes aconchegando-se novamente em seu peito. Não queria acordar. Ele a apertou em seus braços. Amava aquela menina. Riu silenciosamente enquanto a abraçava. Olhou novamente seu relógio. Era domingo, ele não tinha nenhum compromisso para aquela tarde. Decidiu relaxar e adormeceu.
Anúncios